12 novembro 2009

Geisy e a faculdade taliban

O episódio Geisy já foi falado, filosofado, debatido, e o engraçado é que são tantas as questões envolvidas que ninguém chega à uma conclusão que explique o fato. Por quê? porquê é o caos, e o caos pode até ter ordem, mas não dá pra colocar ordem nele.
Como no caos, não há uma conclusão, e sim, várias.

Muito mais importante que o vestido pink colado fora de hora da menina, é a reação pavorosa dos espécimes machos diante da super fêmea.
Não sabiam o que fazer, se assustaram, havia ali uma mulher que visualmente queria dizer: "Sou poderosa, sou linda, sou sexuada mas não dependo do seu pequeno órgão, escolho quem eu quero. Sou eu quem escolhe, não você".

Macho não suporta mulher auto-suficiente, principalmente a que demonstre não precisar dele.
Macho quer a velha mulher necessitada, dependente, a velha "dama na sociedade e puta na cama".

Quando os espécimes machos mentalmente limitados viram a super-fêmea com seu vestido que falava por si, quiseram destruir aquela que os desafiava, aquela que não precisa deles, aquela que simboliza a independência dos seus pequenos órgãos infantilizados, aquela que ria deles apontando com seu riso para os bonés que tentam tapar a careca precoce, apontando as marcas que as espinhas deixaram, apontando a falta de importância do macho de mente atrofiada e pênis flácido nesse mundo.

Isso sem falar na reação patética das mocréias do lugar, derretendo de inveja e apoiando os primatas.
Por pouco não apedrejaram a menina como nas sociedades primitivas.

Geisy: vá de burka da próxima vez!
Uniban, taliban, dá tudo no mesmo.

10 comentários:

  1. Adorei Adriana!!! Muito bom!
    citei esse seu texto no meu blog, tá?
    www.wannafun.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Hahaha meninas, sinto muito, mas eu é que nao iria aguentar um "baguio" desses de sainha curta na faculdade.

    http://bobagento.com/orkut-da-geysi-da-uniban/

    Como meu amigo disse, depois de uma garrafa de tequila inteira, eu encaro.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com a Dri...nada a ver essa reação em torno de um vestido rosa curto. A menina é bonita e tal, tava a fim de colocar um vestido q lhe caiu super bem e foi a faculdade. Tava mostrando demais?Tava sensual demais? Isso ñ vem ao caso e ñ infringe lei alguma. O caso é q (e nisso concordo c/ a Dri): ela tava toda linda, poderosa e ñ tava nem aí para os caras do local. E isso os ofendeu muuuuuito.
    Acho q ñ era a aluna q deveria ser punida e sim os alunos q fizeram aquela bandalheira. Foi muito barulho por nada!E daí q ela quer mostrar suas pernas e seu corpo curvilíneo? É um direito dela.
    E pra finalizar: rídicula a reação das mulheres da Uniban, só podem ser mocreias mesmo!!

    Viva a revolução feminina!!!Somos independentes, inteligentes e podemos tudo!!

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Adriana, vc falou tudo e mais um pouco. A mina foi execrada no país das "bundifora"???? Qual é...pq ninguém falou da Valéria Valença, e cia...?
    A hipocrisia impera na república das bananas. Dou todo o apoio à independência feminina, na tv, no jornal, revista ou faculdade!!! bjs Parabolika

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente contigo Adriana ,espero que cada dia mais mulheres tenham esse pensamento.Parabens a voce e a Geyse.

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu texto, fantástico, finalmente uma opinião coerente e sensata, parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Pri Oliveira27 novembro, 2009

    Certíssima... a hipocrisia reina! Engraçado que ninguém reclama de tanta mulher pelada na TV...
    Onde fica a liberdade? Pelda na TV pode, mas com vestidinho sexy na facul não pode... quanta incoerrência!!!

    ResponderExcluir
  8. Em um paiz em que muitas mulheres desfilam praticamente nuas no carnaval, chega a ser ridiculo criticarem uma moça por usar um mini vestido em uma faculdade ou em qualquer outro lugar.Provavelmente as criticas viéram de algum macho de mente atrofiada e pênis flacido ou de alguma mocréia que não tinha muito o que mostrar.
    Pois é amigas a inveja mata!!!

    ResponderExcluir
  9. Anonimo,
    é isso, o enxame se manifestou.
    O pior é que 100% daqueles machinhos tolos que sairam de pedra na mao queria papar a dona geisy.
    mas se queriam papar, porque jogaram pedras?
    gentalha.

    quanto a menina, sem noção, o vestido nao era apropriado mesmo, sexy demais para uma faculdade de suburbio.

    Ate ai, se fossem espancar todas as sem noção da faculdade, teriam que matar todas: as de saia jeans ate o joelho, as de oculos de armação vermelha, as de cabelo piramide, as de bigode sem fazer, as de piranha no cabelo...sao tantas as sem noção....
    mas e dai?
    ser sem noção não é crime.

    Viva e deixa viver!
    ;+)

    ResponderExcluir

As opiniões expressas pelos leitores são de sua inteira responsabilidade e não refletem necessariamente, a opinião do Blog Arrase e Case. Mensagens ofensivas não serão publicadas.