16 abril 2009

Da pra ser uma mulher das cavernas decente!













Faz tempo que queria escrever algo sobre como sobreviver em situações caóticas como:
falta de dinheiro para cosméticos, viagens em cima da hora onde você esqueceu de levar a necessaire, ou o pior de tudo: viajou com aquele ficante pela primeira vez e além de não ter levado quase nada de grana, ainda esqueceu a necessaire. Creeeedo!

A garota foi convidada pelo cara com quem está saindo há algum tempo para dar uma chegada na casa de praia dos pais dele, e está empolgada porque isso aí tem tudo pra dar certo.

Ok, de tão empolgada e preocupada com que biquíni levar, esqueceu a necessaire e não estava com os pés em dia, pra falar a verdade nem com as mãos feitas e nem a depilação;
Não importa, não precisa recusar o convite porque não vai dar tempo de passar na manicure ou na depilação e perder a chance de ser feliz.
Vai, pode ir, peluda e com a unha do pé igual a do zé do caixão!!!!
Eu tenho soluções milagrosas, já passei por tudo isso e sobrevivi!!!!:+)
Vai lá:

Primeiro passo: chegar até um oásis
Se não tem intimidade suficiente com o cara para contar que está rolando, diga que quer dar uma passeio no centro da cidade, que quer tomar um sorvete e ande até achar ou alguma lojinha simplória de cosméticos ou alguma farmácia. Dê preferência à lojinha, tem mais itens e é mais barata.
Se tem intimidade, diga que precisa ir até o centro, mas sinceramente, não precisa contar o motivo, homens não entendem essas coisas.
Eu geralmente não falaria a verdade, diria que preciso de algum remédio e pronto. Mas, vai de cada garota.

Ok, já na lojinha ou farmácia, compre tudo do mais simplório:
1 lápis de olho marrom +- 2,00
1 batom rosado não cintilante +- 2,00
1 unhex (cortador de unha) +- 1,50
1 lixa +- 0,15
1 pauzinho de laranjeira +- 0,15
1 siliconinho qualquer +- 2,00
1 shampoo qualquer +- 3,00
1 yamasterol +- 2,50
1 gilete +- 1,00
1 esmalte clarinho, tipo base ou qualquer um cintilante +- 1,00
1 rímel qualquer +- 4,00
total pra voltar a ser gente: 19,30

Tá, se você está se perguntando: e o resto? o blush, a sombra, a manicure, a depilação?????
A gente dá um jeito.

Início da transformação:
1- Você volta pra casa, e entra no banho, dá qualquer desculpa, mas você tem que tomar banho. No banho já depila as pernas, as axilas, a virilha se precisar, passe sabotete nas partes a serem depiladas e manda ver na giletona.
2- Quando sair do banho, as cutículas estarão moles, mas você tem que ser rápida: Com um pauzinho de laranjeira ou até mesmo com sua unha, vá raspando as cutículas dos dedos dos pés.
Elas saem facilmente. Depois, faça o mesmo com as unhas das mãos.
3- Corte os cascos, e dê uma lixada só pra tirar as farpas.
4- Volte ao box e lave os pés e as mãos para sair todos os fiapos de pele, seque bem e passe uma camada de esmalte nas unhas todas. Só uma camada, porque mais que uma já ficam visíveis os borrões.
5- Ponha umas gotas do siliconinho de cabelo na palma da mão, esfregue uma mão na outra, e passe nos pés e unhas, isso dá uma acabamento, um brilho, tira o fosco da unha recém cortada.
Pronto: pés, mãos e depilação feitos.

Segunda etapa: maquiagem
1- Lave o rosto, enxugue bem e começe:
2- Marque a sobrancelha com o lápis, de leve, só pra realçar.
3- Passe um pouco desse mesmo lápis nos cantos externos das pálpebras e esfume com os dedos mesmo, pra dar impressão de sombra. Se estiver muito seco, uma gota de siliconinho ajuda. Pingue a gota na pia ou na mão e encoste a ponta do dedo de leve ali. Depois, passe por cima do lápis que já está na pálpebra.
4- Use o batom vagaba como blush e passe o rímel.
Tá feito: Barba, cabelo e bigode!

Uma vez eu estava numa praia com o namorado novo, numa casa de condomínio fechado, e não existia nada nos arredores, e eu esqueci o blush e minha sombrinha básica marrom. Não vivo sem blush, é meu cosmético número 1 porque recupera o viço e a cara de saúde.
E a sombra dá um up, não passo muito, só um tico nos cantos externos pra dar uma levantada no olhar.
Deu um desespero, mas eu achei nos armário da casa, mercurio cromo, aquela coisa vermelha pra passar em machucados.
Pinguei umas gotas na pia, joguei água por cima e aquela solução avermelhada e aguada serviu para tirar a cara do estado de cera.
Quanto a sombra, a necessidade é a mãe da invenção!!!
Queimei um pedacinho da folha de uma agenda de telefone que estava ali dando mole. Queimei num pires durante o banho do mô porque ele não precisa ver isso, e quando ficou aquela coisa queimada, coloquei umas gotas do siliconinho de cabelo na palma da mão e joguei a cinza ali, e dei uma esfregada com o indicador. Ficou preto, e pude passar um pouco na pálpebra.
Ficou bem convincente. Não durou muuuito, mas serviu pra sair na night me achando normal. :+)

Coisas insubstituíveis:
Secador, escovas e filtro solar.
Se você é escravinha do secador (eu sou) ele deve ser a primeira coisa a ser colocada na mochila/ mala. A segunda é o cartão de crédito, porque se o secador quebrar na viagem, você pode comprar outro mesmo sem grana na conta. Põe no cartão.
Mulher esperta tem que ter um cartão de crédito nem que o limite seja baixinho.
Cartão é um salvador da pátria!!!

Eu faço o que for pra encontrar uma solução quando me vejo sem algum dos meus produtos salva-vidas.
Se for para ser quase uma mulher das cavernas, que sejemos a versão gostosona. Uga!!!

5 comentários:

  1. kkkkkkkkk, quase morro de rir com essa história sua!!! e parabéns pela criatividade!! eu nunca, nunquinha teria pensado em queimar um pedaço de papel e fazer de sombra!
    bjao

    ResponderExcluir
  2. Já passei por cada coisa... vou postando aqui.
    Como diz a música da farofa: "A gente só não come tijolo, porque estraga os dentes".
    Mas se alguem falar que tijolo deixa o cabelo bonito, vai ser um festival de tijolo no liquidificador com leite desnatado e zerokal!! haaaaaa!

    ResponderExcluir
  3. Huahuahuahau adorei seu combo mercurio + cinzas! A necessidade é a mãe dos inventores, não?

    ResponderExcluir
  4. O yamasterol matou a pau! Totalmente coisa de praia mesmo eshauaeshuesha! Parece que em mercados litoraneos, pelo menos os daqui do paraná, só vendem esse treco pra passar no cabelo mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Nossa essa foi umas das histórias mais engraçadas que já ouvi. Parabéns mesmo pela sua criatividade, não sei se iria ter essa criatividade toda, mas pelo menos vc n perdeu a balada e nem o gato. hehehehehe.

    ResponderExcluir

As opiniões expressas pelos leitores são de sua inteira responsabilidade e não refletem necessariamente, a opinião do Blog Arrase e Case. Mensagens ofensivas não serão publicadas.