16 abril 2010

Venda de araras - boicote petshops

Se tem uma coisa que realmente me deixa mal, é ver gente vendendo pássaros.
Odeio gente que vende pássaros. Não aperto nem a mão.

Você, garota esperta, não compre nem deixe que seus parentes e amigos comprem pássaros.
As pessoas que os vendem são primitivas, grosseiras, atrasadas.

 Não colabore com o enriquecimento dessa gentalha, boicote petshops que vendem animais como essa da matéria, a Patas e Penas em alphaville.

Fabio Lamacha, documentarista e escritor, publicou esse texto na revista Vero desse mês:

"Todas as noites, antes de dormir, ainda penso nas duas pobres aves coloridas que ví apenas uma vez.
Um casal de araras maravilhoso que espera pela ajuda de um anjo sem asas.
A história começou quando capturei uma gata de rua que rondava há meses a minha casa e saí atrás de um pet shop para castrar a bichinha. (..)
Procurei no guia da região por outros petshops. Depois de alguns minutos, finalmente alguém me ouviu: "Estou com uma gata de rua presa numa gaiola e preciso de uma castração urgente."
A veterinária do outro lado da linha, gentilmente assoprou com sua voz de veludo: "Claro, pode vir!". Enfiei a gaiola no carro e fui.

Não sei por que, mas não desembarquei a gata do carro ao chegar. Talvez precisasse sentir o ambiente, negociar o preço e também conhecer a vaterinária. Deixei os vidros do carro um pouco abertos e entrei na loja. Fio que meu estômago deu mil reviravoltas. Logo na entrada, se via um casal de enormes araras numa gaiola em miniatura. Não tinha um mísero galho nem nada, e elas gritavam alto como se pedindo socorro. Pensei: "como pode um petshop vender essas araras tão lindas ali enclausuradas, enquanto poderiam estar soltas, reluzentes e cheias de vida?".

Perguntei o preço para a atendente: R$ 2.200,00 cada. E ela fez questão de dizer que estavam em dia com os documentos do Ibama.
Apenas consegui falar que elas mereciam um espaço maior, A atendente concordou balançando a cabeça.
(...)

Mais tarde, fui pesquisar sobre essas aves. Era um casal de araras-canindé. Chegam a medir 90 centímetros de comprimento, com partes superiores azuis e barriga amarela, um dos animais mais lindos da natureza. Vivem em bandos de mais de 20 indivíduos colorindo as matas, da América Central ao Brasil.

Mas o que me deixou abismado é que a arara-canindé pode viver em cativeiro por até 60 anos, desde que o local tenha as devidas dimensões e muito cuidado.

Agora eu pergunto: quanto tempo viverá aquela pobre casal, espremido numa giaola de hamster? Continuo indo atrás de uma solução, e as lindas araras ainda esperam por um anjo sem asas."


mais:
-Pet shop Patas e Penas (que está vendendo as araras): 
Calçada Aldebarã, 61, Centro de Apoio - Alphaville
(11) 4153-5794


6 comentários:

  1. Revoltante, concordo contigo. Como podem querer que animais que tem o céu inteiro a céu dispor vivam em minúsculas gaiolas?

    Basta imaginar o homem vivendo o resto de sua vida em um quarto 4x4, sem poder desbravar o mundo.

    É crueldade demais, infelizmente vendem porque tem quem compre.

    ResponderExcluir
  2. Mizu, que bom que pensa assim, de certo modo é um pouco reconfortante quando ouço uma voz concordando comigo nessa questão dos animais.

    Sim, infelizmente tem gente que compra, mas tenho certeza de que cada vez mais, as pessoas das novas gerações não se interessam por sacrifícios medievais como esses.

    Só pode ser inveja. Não somos tão bonitos quanto as araras coloridas e o pior, não voamos. Por inveja, não deixamos que voem.
    Mas tudo isso se paga, o mal que fazemos à qualquer criatura nós temos de volta, sempre, de um modo ou de outro. Lei da causa e efeito.

    Mesmo assim, quando vejo essas coisas me acaba o dia.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Não sei se sinto raiva ou pena de pessoas que maltratam os animais.. Pq uma pessoa dessas, só pode ser muito infeliz, coitada..
    Sou completamente contra à tudo aquilo que venham a prejudicar os animais de alguma forma. Um dos maiores absurdos são a existência de casacos de pele! sim, pq "beldades" precisam deles sair por aí "desfilando". Desculpe os termos, mas dá vontade de dar um porrada em uma pessoa dessas, infeliz!
    Quando vejo coisas como essa tb acabam com o meu dia..
    Bjs:)
    Mariana

    ResponderExcluir
  4. Anonimo,

    só sei de uma coisa: não confio em ninguem que nao goste de animais, e nao convivo com ninguem que maltrate.
    E sei que nao é facil ser um defensor de animais, eu mesma ja passei por tanta coisa por defender tartarugas vendidas, gatos enjaulados e cachorros acorrentados..

    Uma otima postura é não fazer tosa ou comprar ração em pet shop que venda animais.
    Quando o bolso doi, essa gente começa a se tocar.
    Vou criar algo como: "PET SHOP LEGAL NAO VENDE ANIMAL"
    E tentar fazer com que a moçada nao entre nesses buracos.
    Seria tao bom!

    bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Conheço bem esse pet shop, sei que essas araras não são para venda, são do dono do pet como amostras pra quem quiser encomendar, também não era um casal e sim 2 fêmeas e a gaiola não era de hamster, tinha um espaço até que bom pra elas...
    Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Maristela,

    ODEIO PETSHOPS QUE VENDEM ANIMAIS, SEJA EM GAIOLAS MINÚSCULAS OU MENOS MINÚSCULAS.

    Espero que esa gente vá vender araras no inferno.

    bjss

    ResponderExcluir

As opiniões expressas pelos leitores são de sua inteira responsabilidade e não refletem necessariamente, a opinião do Blog Arrase e Case. Mensagens ofensivas não serão publicadas.